Escolha uma Página

Swap recebe autorização para operar como instituição de pagamento

Leitura

Compartilhar

FacebookTwitterLinkedInWhatsApp

Com as recentes autorizações do Banco Central, a Swap ampliará sua oferta em despesas corporativas com o serviço de Cartão de Crédito

A Swap acaba de receber autorização do Banco Central do Brasil para operar como Instituição de Pagamento em duas modalidades: Emissora de Moeda Eletrônica e Emissora de Instrumento Pós-pago.

A Swap recebeu autorização do Banco Central do Brasil para operar como Instituição de Pagamento em duas modalidades: Emissora de Moeda Eletrônica e Emissora de Instrumento Pós-pago.

As recentes habilitações são resultados da constante evolução da startup, que acaba de completar 4 anos e foi eleita pela segunda vez como uma das 100 Startups to Watch. No último ano, a Swap passou por uma Série A de R$135 milhões e desde então, teve um aumento de 68% na base de clientes, multiplicou em 5 vezes o número de cartões ativos e cresceu mais de 10x a receita anual recorrente.

Autorização do BCB

Uma emissora de moeda eletrônica é autorizada a gerenciar contas de pagamento pré-pagas, nas quais os recursos devem ser depositados previamente para usuários realizarem transações de pagamento. Com essa licença, a Swap poderá acessar diretamente diversos sistemas e infraestruturas do BCB e ampliar a oferta de produtos e serviços.

Já as Emissoras de Instrumento Pós-pago são responsáveis por contas de pagamento pós-pagas, que são aquelas que funcionam como o cartão de crédito, em que primeiro se compra e depois se paga. 

“A autorização é uma grande conquista para a Swap porque comprova que atingimos um alto nível de maturidade como empresa. Agora, estamos habilitados para acessar sistemas disponíveis apenas para instituições autorizadas. Ainda estamos no começo da nossa jornada de remover barreiras de acesso ao sistema financeiro para habilitar novos modelos de negócios e, com essa autorização do BCB, estamos ainda mais preparados para facilitar a atuação de empresas inovadoras”, explica o CFO Mateus Furini.

Quer saber mais sobre a Swap? Vamos conversar!

Destaques

Veja também…

Newsletter

Receba os últimos conteúdos da Swap