Escolha uma Página

Swap abre 30 vagas para área de tecnologia e faz processo seletivo exclusivo para inscritos no Elixir Brasil

Leitura

Compartilhar

FacebookTwitterLinkedInWhatsApp

Patrocinadora “Super” do principal evento da área no país, o Elixir Brasil,  Swap abre vagas de emprego para desenvolvedores trabalharem com a linguagem funcional brasileira que está conquistando as empresas.

“Parece magia!”. É assim que os desenvolvedores – ou melhor, os devs, abreviação de developers – descrevem o Elixir, linguagem de programação brasileira escolhida pela Swap para o desenvolvimentos dos seus produtos e ferramentas que estão revolucionando o mercado das fintechs.

Tecnicamente falando, Elixir é uma linguagem de programação funcional, que se utiliza da máquina virtual Erlang para fornecer aplicações  tolerante a falhas, e sem pausas e, o melhor: que é capaz de assumir diferentes formas e adicionar novas funcionalidades sempre que necessário.

Mas o que isso significa, afinal e porque a Swap escolheu Elixir?

A startup Swap, conhecida como a fábrica brasileira de fintechs, traz soluções inovadoras para empoderar diversas empresas a oferecer serviços financeiros aos seus clientes. Ela se diferencia de outras empresas de Banking as a Service no mercado pois tem uma estratégia independente e focada em solucionar dores profundas de segmentos específicos. 

Quando se fala de revolução e finanças, é fundamental que as soluções encontradas sejam inovadoras e sem pausas. A linguagem Elixir possibilita tudo isso, já que foi desenvolvido em cima da linguagem funcional Erlang, criado inicialmente para os sistemas de telefonia, que demandam um alto tempo de uso contínuo e com urgente resolução de falhas, ou seja, com uma recuperação instantânea quando algum erro acontece. 

A Swap é tão fã dessa linguagem que se tornou uma “Super” patrocinadora do Evento Elixir Brasil, o maior no país sobre a linguagem de programação, que acontecerá nos dias 27 e 28 de novembro. A novidade vem junto ao anúncio de que a empresa acaba de abrir mais de 30 vagas de emprego na área de tecnologia, em vários níveis e que podem ser conferidas na página de carreira da Swap.

A linguagem do bem- estar

Quem conhece a linguagem Elixir, recomenda! É isso que garante Samara Motta, desenvolvedora da Swap. Ela, que começou sua jornada profissional trabalhando com outras tecnologias, conta que trabalhar com Elixir agora significa qualidade de vida.

“Migrei pro Elixir por perceber que é um ecossistema muito agradável de se trabalhar. As configurações são fáceis pois o teste, a  documentação e a release são incluídos por padrão. A sintaxe é simples e expressiva e o BEAM, que é a máquina virtual onde o elixir executa, é maduro, escalável e resiliente. A documentação é caprichosa e padronizada pela comunidade. Tudo isso permite uma experiência de desenvolvimento produtiva e prazerosa, que combina com a Swap. Trabalhar aqui é leve e divertido, e o foco é no bem-estar do colaborador”, conta.

A Startup, que acaba de levantar R$125 milhões em sua Série A, está ampliando seu time de desenvolvimento e vai aproveitar o evento Elixir Brasil para isso. Todos os inscritos poderão participar de um processo seletivo exclusivo para a contratação de desenvolvedores em diferentes níveis. 

“Essa é uma oportunidade de nos aproximarmos do universo desses desenvolvedores  e possibilitar que eles conheçam o que é trabalhar na Swap, nossa cultura e valores. Essa seleção especial vai acontecer na semana seguinte ao evento, onde todos os interessados serão entrevistados”, conta Raissa Chu, Head da área de Pessoas e Cultura na Swap.

Venha fazer parte desse clã, a gente tem muito pra trocar. Acesse: https://www.swap.financial/carreiras 

Destaques

Veja também…

Como a consulta pública 89 (CP89) do Bacen impacta na inovação trazida pelas fintechs?

Como a consulta pública 89 (CP89) do Bacen impacta na inovação trazida pelas fintechs?

O Banco Central realizará uma consulta pública sobre Tarifa de Intercâmbio (TIC) e prazo de liquidação de operações para cartões de débito e pré-pagos. Para contribuir com o entendimento sobre isso, Douglas Storf, CEO da Swap, preparou um artigo para explicar os motivadores dessa proposta, o cenário atual e quais as implicações das decisões que serão tomadas.

Newsletter

Receba os últimos conteúdos da Swap