Escolha uma Página

Despesas corporativas: qual o limite da personalização do cartão corporativo?

Leitura

Compartilhar

FacebookTwitterLinkedInWhatsApp
personalização do cartão corporativo

A regra do jogo no mercado de meios de pagamentos vem mudando a passos largos, tanto do ponto de vista regulatório, quanto tecnológico. Todas essas mudanças, especialmente as tecnológicas, proporcionaram dois impactos imediatos: atuação de empresas do setor financeiro em nichos e a possibilidade ainda maior de personalização dos produtos e serviços.

Um dos mercados que sentiram tais mudanças foi o mercado de despesas corporativas, que engloba gastos das empresas com alimentação, hospedagem, combustível, percurso (R$/km), táxi, estacionamento, pedágio, passagens aéreas e rodoviárias. No Brasil, estima-se que o total movimentado com esses gastos é de aproximadamente R$650 bilhões ao ano.

Com o advento de arranjos de pagamento abertos, a personalização ganhou ainda mais relevância. Com todo esse pano de fundo, uniu-se o útil ao agradável: as empresas conseguem ter mais controle das despesas corporativas e os colaboradores passam a contar com uma experiência muito melhor. 

Veja a seguir cinco maneiras de personalizar o cartão corporativo do seu cliente com a solução tecnológica financeira oferecida pela Corpway da Swap.

Cliente no controle 

A personalização possibilita maior controle dos gastos. No passado, por exemplo, fazer reembolsos era uma tarefa árdua tanto para a empresa quanto para o colaborador. Os gastos eram pagos diretamente pelos colaboradores que, por sua vez, precisavam submeter uma solicitação para receber o valor de gastos.

Com cartões corporativos personalizados, é possível definir limites para cada colaborador, sejam financeiros ou de tempo, estabelecer regras de uso específicas. Além disso, o colaborador pode acompanhar em tempo real se já atingiu o limite, pode solicitar mais limite (se necessário) e, em contrapartida, a empresa também pode acompanhar e, por vezes, até se antecipar, gerando maior controle e proporcionando uma experiência muito melhor. 

Contas personalizadas

Outro elemento importante da personalização das despesas corporativas é uma estrutura de contas adequada para cada colaborador. Com contas individualizadas, fica muito mais fácil acompanhar saldos, verificar transações e acompanhar o extrato, por exemplo.

Além disso, as contas personalizadas possibilitam definir budgets por categoria de gastos, além de controlar e filtrar os diferentes tipos de despesas – o que facilita ainda mais a prestação de contas por parte do colaborador e o acompanhamento e gestão desses gastos por parte da empresa. 

Proteção sob medida 

Uma das grandes fronteiras para pagamentos digitais é a segurança. Com as despesas corporativas, não seria diferente. Quanto mais populares os pagamentos digitais e mais difundidos no ambiente corporativo, maior a ameaça de fraudes, por exemplo. 

Para aumentar a segurança e minimizar o risco de fraudes, plataformas personalizadas de despesas corporativas devem contar com sistemas antifraude flexível para atender as particularidades de cada área, inclusive, com autonomia para que os clientes possam definir as regras de fraude mais adequadas para cada grupo de usuários.

Cartões para emergências 

Com o advento da cashless economy e um amplo conjunto de novos meios de pagamento, as despesas corporativas também ganharam um impulso para adotarem esse amplo conjunto de possibilidades. Uma delas é o cartão virtual de uso único.

Dada a facilidade de criação e a característica de uso único, o cartão virtual permite resolver demandas específicas ou emergenciais de forma simples e rápida, além de contribuir com a segurança ao evitar fraudes e compras indevidas. Ele é útil em situações como compra de passagens aéreas urgentes, em que pode não haver um cartão de crédito disponível ou com limite, mas não há a necessidade de solicitar um novo cartão – já que é para uma situação específica. 

Cartões inteligentes 

Por fim, os chamados wearables, como os smartwatches, mas até antes disso, os próprios smartphones, abriram um campo de possibilidades tremendo para meios de pagamentos sem dinheiro e até sem cartão, utilizando, por exemplo, carteiras digitais. 

Nas compras presenciais é possível utilizar qualquer gadget que possua a tecnologia Near Field Communication (NFC – Campo de Comunicação Próximo, em português). Já nas compras virtuais, para ampliar a segurança, há recursos inteligentes de geração de número de cartão para cada compra, utilizando a chamada tokenização. 

Você pode encontrar todas essas funcionalidades na Corpway, uma plataforma BaaS para empresas que atuam com despesas corporativas e desejam oferecer uma experiência simples e precisa aos seus clientes para gestão desses gastos.  Clique aqui e saiba mais.

Destaques

Veja também…

Newsletter

Receba os últimos conteúdos da Swap